Yearly Archives: 2013

Selecção Media & Jornalismo 2013

http://www.designspotter.com/galleries/news/2013/1/wallpaper-design-awards-23/5.html

Jornalismo

:: Jornalista do ano: Pedro Pinto (CNN);

:: Jornalista do ano (desporto): Alexandre Santos (RTP);

:: Fotojornalista do ano: Daniel Rodrigues;

:: Pivot do ano: Carlos Daniel (RTP);

:: Moderador do ano: Fátima Campos Ferreira (Pós e Contras - RTP);

:: Moderador do ano (desporto) Hugo Gilberto  (RTP);

:: Narrador (televisão): Rui Pedro Rocha (Sport TV);

:: Narrador (rádio): Alexandre Afonso (Antena 1);

:: Cronista do ano (desporto): Rogério Azevedo (A Bola);

:: Feed nas redes sociais: Rita Marrafa de Carvalho (RTP);

:: Opinião: José Gomes Ferreira (SIC Notícias);

:: Opinião (desporto): Rui Malheiro (O Jogo);

:: Transferência (s) do ano: Hélder Conduto (Benfica TV), João Querido Manha (Record) e António Tadeia (Record);

Media

:: Projecto: A Bola TV;

:: Jornalismo de excelência: SIC Notícias;

:: Publicação do ano: Dinheiro Vivo;

:: Surpresa do ano: Benfica TV;

:: Formato televisivo do ano: Toda a Verdade (SIC Notícias);

:: Formato televisivo do ano (desporto): Grande Área e Resultado final;

:: Publicação do ano: Semanário Expresso;

:: Publicação do ano (desporto): A Bola;

:: Rádio do Ano: Rádio Comercial;

:: Publicação online do ano: Maisfutebol;

:: Blog do ano: A pipoca mais doce de Ana Garcia Martins;

:: Entrevista do ano (desporto): José Manuel Delgado, Rogério Azevedo e Hugo Forte a Bruno de Carvalho (A Bola);

:: Manchete do ano: Game Over (Jornal I);

:: Formato inovação: Contragolpe (TVI 24);

:: Canal do ano: SIC Notícias;

:: Canal Desilusão: CM TV;

:: Estória do ano: Ascensão e queda de Passos, versão 2.0 por Miguel Carvalho (Visão);

:: Pior do ano: Eleições sem televisão;

comunicação

:: Feed nas plataformas sociais: FC Porto;

:: Publicação institucional: Revista edpON;

:: Publicação institucional (desporto): Revista Dragões;

:: Prémio propaganda: Jornal Sporting;

:: Empresa do ano: Cunha e Vaz & Associados – Consultores de Comunicação;

Marketing, Publicidade e Inovação

:: Anúncio do ano: Real Beauty Sketches (Dove);

:: A não repetir!: ‘Desejos para 2013‘ (Samsung) e ‘Vamos passar por cima de Portugal‘ (Pepsi);

:: Marca do ano: Meo;

:: Agência do ano: Spark Agency;

Os maiores erros dos media em 2013

A Poynter compilou uma lista com os principais erros dos media durante o ano 2013, destingiu quem se destacou (pelos piores motivos) nas diversas categorias e não poupou ninguém: New York PostThe Wall Street JournalThe GuardianThe New York Times, cabem lá (quase) todos!

Um dos principais visados pela publicação da escola de jornalismo de St. Petersburg (Flórida), foi o programa da CBS 60 Minutos – em Portugal transmitido pela antena da SIC Notícias – agraciado com o ‘galardão’ de «Erro do Ano» (ver abaixo).

149 anos do Diário de Notícias

O Diário de Notícias assinalou o seu 149º  aniversário com uma edição especial dirigida pelo presidente do grupo oi e da PT PortugaZeinal Bava. Apesar do assinalável marco histórico, o ano de 2013 não ficará na memória dos responsáveis do DN pelos melhores motivos: o matutino perdeu 25% da sua circulação contando-se como  o generalista que mais caiu durante os primeiros dez meses do ano.

O que fica, no entanto, é a imagem que o DN continua (apesar de tudo) a manter a bitola de jornal de referência, enriquecido com espaços de opinião relevantes e uma aposta cada vez mais premente nos conteúdos multimédia.

http://www.dn.pt/edicaoimpressa/default.aspx?content_id=3608032

http://www.dn.pt/edicaoimpressa/default.aspx?content_id=3608032

Le Monde apaga as velas

O francês Le Monde assinala hoje o seu 69º aniversário. Nascido a 19 de Dezembro de 1944, para ser um diário de referência no período pós-guerra,  o Le Monde mantém a tradição de ter como accionistas da empresa alguns dos seus jornalistas, sendo também reconhecido pelos  artigos de opinião e análise que publica nas suas páginas, normalmente assinados por autoridades na matéria.

Aqui fica a primeira manchete do Le Monde disponibilizada pelo periódico  na sua conta oficial de facebook.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152078316232590&set=a.10150463583152590.393463.14892757589&type=1&theater

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152078316232590&set=a.10150463583152590.393463.14892757589&type=1&theater

Via António Cunha e Vaz

A importância dos fotojornalistas

Nunca foi tão fácil fotografar, principalmente hoje que toda a gente tem um smartphone no bolso pronto a disparar. Ainda assim, mais complexo do que tirar um retrato é eternizar os momentos que realmente interessam.

Um artigo da The Atlantic debruça-se, precisamente, sobre o estatuto dos fotojornalistas e realça a sua importância na construção da história.

Disponível em: Pictures That Change History: Why the World Needs Photojournalists

Especial agências de comunicação

A edição de 17 de Dezembro do Diário Económico disponibilizou o dossier especial «Quem é quem nas agências de comunicação» que conta, entre outros, com o depoimento de António Cunha e Vaz, presidente da CV&A Consultores, uma espécie de guru do negócio da assessoria de comunicação e relações públicas em Portugal.

Além da partilha de estratégias empresarial das várias agências seleccionadas, o caderno destaca, ainda, o papel do digital no volume de negócios das consultoras.

Diário Económico 19/12/2013 – «Quem é quem nas agências de comunicação»

A morte de Mandela nos jornais

O The Guardian pegou em 38 primeiras páginas de jornais de todo o mundo para ilustrar a forma como os media noticiaram o desaparecimento de Nélson Mandela.

No que concerne à imprensa portuguesa, a escolha do jornal britânico recaiu no jornal Público (em baixo) – cuja edição de hoje é um autêntico documento para manter nas estantes.

http://www.publico.pt/jornal

http://www.publico.pt/jornal

Todas as primeiras páginas disponíveis em: Nelson Mandela’s death: the newspaper front pages – in pictures

Imperativo tecnológico

A minissérie britânica Black Mirror, disponível em Portugal desde Novembro nos canais MOV e TV Séries, retrata uma sociedade inteiramente dependente das novas tecnologias e incapaz de regressar à terra para viver em modo offline.

Criada por Charlie Brooker, com participação de Konnie Huq e Jesse Armstrong, Black Mirror desperta-nos a necessidade de reflexão sobre a forma como a tecnologia se assenhoriou do  quotidiano e transformou a nossa forma de relacionamento.

Enhanced by Zemanta

O jornalista que limpa casas de banho para sobreviver em Londres

Benjamín Serra, de 25 anos, residente em Londres, é, por estes dias, um dos nomes mais falados em Espanha. No curriculum tem duas licenciaturas, um mestrado e bolsas de mérito, mas nem isso lhe garante colocação: actualmente limpa casas de banho para sobreviver na capital inglesa.

Farto de toda a situação, publicou, na sua página de facebook,  uma carta de revolta onde descreve tudo o que o rodeia. Um depoimento impressionante, cheio de coragem, que devia ser lido por todos os alunos de jornalismo.

«Soy Premio Extraordinario de Fin de carrera en mis dos titulaciones y limpio la MIERDA de otros en un país que no es el mío. Y no me avergüenza hacerlo. Limpiar es un trabajo muy digno. Lo que me avergüenza es tener que hacerlo porque nadie me ha dado una oportunidad en España».

Disponível em:  «Soy Benjamín Serra, tengo dos carreras, un máster y limpio baños en Londres»

O dia em que os desportivos viveram (quase) sem futebol

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4137

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4137

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4139

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4139

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4138

http://noticias.sapo.pt/banca/desporto/4138