Vigilantes de redes sociais

Os jornalistas especializados em desporto vivem, diariamente, um enorme drama: ter de fazer notícias sem sequer pôr olhos em cima dos protagonistas. Os clubes de futebol, e as respectivas equipas, vivem, cada vez mais, numa espécie de clausura conventual imposta pelas políticas de comunicação altamente restritiva dos clubes.

É por isso que hoje os jornalistas têm de vestir o fato de vigilantes de redes sociais à procura de discursos directos. O director de A Bola, Vítor Serpa, explica todo o processo (ver abaixo). 

Jornal A Bola, edição de 15 de Fevereiro de 2014, página 30, crónica «Hoje é Sábado».

Jornal A Bola, edição de 15 de Fevereiro de 2014, página 30, crónica «Porque hoje é Sábado».

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>