Tag Archives: Séries

Imperativo tecnológico

A minissérie britânica Black Mirror, disponível em Portugal desde Novembro nos canais MOV e TV Séries, retrata uma sociedade inteiramente dependente das novas tecnologias e incapaz de regressar à terra para viver em modo offline.

Criada por Charlie Brooker, com participação de Konnie Huq e Jesse Armstrong, Black Mirror desperta-nos a necessidade de reflexão sobre a forma como a tecnologia se assenhoriou do  quotidiano e transformou a nossa forma de relacionamento.

Enhanced by Zemanta

A origem do tablóidismo britânico

O antigo editor do News of the World e do Daily Mirror, Piers Morgan, encabeça a produção de uma série televisiva que incidirá sobre o mundo do jornalismo de tablóide na década de 70.

Fleet Streetrua onde estiveram sediadas, até à década de 80, as redacções dos principais jornais ingleses (entre eles os tablóides) – relata o surgimento do jornalismo popular moderno, cuja génese remonta à acção de profissionais desprovidos de moral que expunham a vida de milionários, políticos e celebridades envolvidos com drogas e/ou escândalos sexuais.

Para ler aqui: Oh no! Piers Morgan to produce ‘devastating’ Fleet Street TV series

Curso intensivo de jornalismo

A série Jornalistas (Reporters), transmitida em Portugal pelo AXN Black,  é um verdadeiro curso intensivo de jornalismo. Centrada no quotidiano de um canal de televisão e de um jornal (à moda antiga) parece ter, por trás, a orientação de alguém que passou muito tempo em redacções porque não deixa nada ao acaso: desde a figura do director, que vive emparedada entre o  semblante austero e a postura paternal com que dirige a redacção; passando pelos (bons) jornalistas à moda antiga, autênticos Sherlock Holmes em vias de extinção, envoltos em guerras constantes pelos melhores cargos; até aos estagiários cheios de ganas de triunfar, mas vazios de conteúdo.

Há ainda espaço os compadrios entre jornalistas e classe política, que tanto condicionam a agenda mediática, e para a aposta no digital, sem critério nem princípios informativos.

Rigorosamente a não perder.

Bastidores de uma televisão

A série “The Newsroom”, produzida por Aaron Sorkin, é um óptimo exemplo do bom trabalho que ainda se faz em televisão. Centrando-se no dia-a-dia nos bastidores de uma estação de televisão de cariz informativo, retrata, com um realismo que quase nos faz esquecer que se trata de ficção, os obstáculos pessoais, éticos, corporativos e financeiros com que se debatem grande parte dos  jornalistas no seu quotidiano.

Ao longo da primeira temporada o telespectador tem, ainda, a oportunidade de acompanhar, detalhadamente, uma profunda reformulação editorial em busca da vitória na guerra de audiências.

Clique aqui para ver a apresentação: The Newsroom Season 1- Trailer #1