Tag Archives: Tablets

Novo site da Time direccionado para o mobile

A revistas Time reformulou o design do seu site oficial, mas engane-se quem pensa que se trata de uma mera operação de cosmética. Além das evidentes mudanças gráficas, com a inclusão de mais vídeos e fotografias, as alterações apontam uma aposta clara nos acessos através dos dispositivos móveis (tablets e smartphones) que, actualmente, representam metade das ligações ao portal da news magazine.

«Our purpose? It’s in our very name: time is valuable. So the new site is designed especially for busy, mobile readers. In fact, our data suggest that nearly half of you are currently reading this on a smartphone or tablet».

Disponível em: A New TIME

Cristiano Ronaldo lança revista digital

Cristiano Ronaldo apresentou, esta semana, a revista «CR7 eMag»: uma publicação digital disponível para tablets e smartphonesA revista, cujo grande aliciante é o acesso a conteúdos exclusivos do jogador, está disponível em três idiomas (português, inglês e espanhol) e o seu preço varia entre 1,70 euros para tablets e 0,89 euros para smartphones.

O capitão da selecção portuguesa é mesmo o primeiro futebolista a ter a sua própria publicação digital.

Portugueses adeptos do mobile

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Semanário Expresso, edição de 1 de Fevereiro de 2014, página 02

Os portugueses continuam a aderir bem às plataformas comunicação móveis. Tanto que nos últimos três meses de 2013 venderam-se, em Portugal, mais de 615 mil smartphones e 231 mil tablets,  avança a consultora IDC.

Estes números fazem com que 2013 fique para a história como o ano em que se venderam mais tablets do que PC (637 mil contra 627 mil).

Perspectiva-se, portanto, que em 2014 as vendas do tablets cresçam 18%, para as 742 mil unidades, enquanto os smartphones também vão de vento em popa: 2,5 milhões de equipamentos vão ser adquiridos, o que simboliza um aumento de 13% em relação ao período homólogo.

Tudo isto quer dizer que, após cinco anos de retracção, 2014 marca, definitivamente, o regresso ao crescimento do mercado das tecnologias de informação. Já o mercado das telecomunicações terá que se debater com o seguinte binómio: quebra de receitas nos serviços de voz (móvel e fixo), reequilibrada com o aumento de facturação no tráfico de dados.

O fim dos jornais

A Future Exploration prespectiva o fim da importância da imprensa escrita nos Estados Unidos par ao ano 2017. O estudo abrange os cinco continentes e prevê que a morte dos jornais em formato papel em Portugal ocorra por volta do ano 2028.

Os factores que sustentam os resultados estão divididos em dois grupos: globais (desenvolvimentos/custo associado às plataformas móveis) e nacionais (económicos, demográficos, governamentais, hábitos de consumo, etc., etc., etc…).

http://futureexploration.net/Newspaper_Extinction_Timeline.pdf

http://futureexploration.net/Newspaper_Extinction_Timeline.pdf

http://futureexploration.net/Newspaper_Extinction_Timeline.pdf

http://futureexploration.net/Newspaper_Extinction_Timeline.pdf

Disponível em: Newspaper extinction timeline

Via João Canavilhas

A Internet móvel de 2012 a 2017

Em 2017, a internet móvel será mais rápida e vai ser muito usada para ver vídeos em smartphones. Veja essas e outras previsões da Cisco

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/como-sera-a-internet-movel-daqui-a-5-anos

Tablets e os jornais do futuro

Projecção interessante sobre o papel dos tablets e as consequentes, mudanças no jornalismo (ciberjornalismo). O vídeo é de 1994, logo «way before ipad».

Recomendado por João Canavilhas